quarta-feira, 16 de novembro de 2011

João Mello - O que ele tem a dizer?

Mello: novamente na disputa pelo Executivo
Fonte: Acervo pessoal
O blog Panorama dará início a uma série de sabatinas com pré-candidatos ao Executivo. As entrevistas serão publicadas na íntegra, no formato Pergunta e Resposta, sem que haja qualquer tipo de edição.

O primeiro entrevistado é o médico, ex-vereador e insistente postulante ao cargo de prefeito, João Mello (PSD). Com o discurso contundente já conhecido das campanhas, Mello reafirma suas pretensões políticas, fala sobre a aliança com Nélio Leite e manda o recado: "Nossa candidatura incomoda os politiqueiros".


Panorama - Há algumas semanas, boatos asseguravam que você não poderia sair candidato. O que houve?

João Mello - Houve que a nossa pré candidatura incomoda os politiqueiros de sempre. Esses que vivem apenas de fazer politicagem criando boatos falsos, tentando desestabilizar os nomes realmente fortes para as próximas eleições. Como você vê está tudo regular.

 


O PT o apoiou em 2008, mas, ao que tudo indica, em 2012 sairá com candidato próprio. Como está sua relação com o partido, hoje?

Como já respondi em outra "entrevista" mantenho boas relações com boa parte do partido, inclusive com sua Presidente, e com grande número de seus militantes. Nas eleições de 2004 o PT indicou o vice para compor minha chapa como prefeito e nesta última eleição viabilizamos uma coligação que propiciasse a eleição do primeiro vereador do PT em Ibiúna. De forma que o meu o laço com o PT é muito forte. Mas também é direito de todos pretender concorrer às eleições.

A agremiação que apoiará sua candidatura conta com quantos partidos, atualmente?


As convenções em final de junho de 2012 definirão como estará formado esse quadro. Hoje temos o apoio de vários partidos e de membros importantes de partidos que politiqueiros tradicionais se consideram donos.


Nélio Leite
Fonte: jpibiuna.com.br

O que houve com a aliança verbal firmada entre você e o Nélio Leite?

Antes de sermos políticos somos pessoas de caráter. Palavra dada é palavra cumprida. Essa aliança continua valendo pois estamos unidos porque queremos o bem de Ibiúna.


Pesquisas de intenção de votos mostram que o número de eleitores dispostos a votar em você diminuiu bastante, em relação com o período pré-eleições de 2008. O que houve?

Há dois pontos importantes quanto a isso. Primeiro: não sei a que pesquisas você se refere. Sabemos que há muitas manipuladas correndo o meio dos politiqueiros, não soube de nenhuma pesquisa séria e registrada na Justiça Eleitoral. Segundo: o que importa são os votos na urna e nesse quesito elevamos nossa participação nas últimas eleições, e acredito que os eleitores não serão enganados mais uma vez com promessas vazias.
 

Jonas de Campos (dir.), hoje, integra o Governo
Fonte: Acervo pessoal Floriano Pesaro
Você perdeu aliados importantes, como o ex-prefeito Jonas de Campos, para o grupo que apoia o prefeito Coiti. Como pretende reverter isso?

Não pretendo. Todos tem direito a estar na política pelo motivo que quiserem. Eu estou pela moralidade administrativa, pelo caráter no cuidado do povo. Espero que naturalmente as pessoas que se identifiquem com nossos ideais se aglutinem em torno de nossa futura candidatura. 

 

Durante todo o ano de 2009, pessoas ligadas à sua campanha protagonizaram episódios polêmicos, envolvendo insistentes pedidos de cassação, dossiês etc. Você também apoiava uma "derrubada" do Prefeito Coiti, no intuito de forçar a realização de novas eleições?

Jamais apoiei "derrubada" de quem quer que seja. Nunca participei, estimulei ou autorizei esse tipo de comportamento por não concordar com isso. Mas vivemos em um País democrático e de Direito onde as pessoas podem tentar valer sua indignação. Todos que assim fizeram são maiores e responsáveis pelos seus atos.


Como você resumiria, em poucas linhas, seu projeto de governo para Ibiúna?

Temos um projeto de governo que vem desde minha primeira candidatura. Fico triste em notar que esse projeto tem que ser reformulado incluindo cada vez mais itens que tem sido abandonados pelas gestões que tem passado. Inclui basicamente em um choque de gestão, agir na administração com a honestidade, que rege minha vida pessoal; urgentemente solucionar os problemas da saúde pública em Ibiúna e gerar mais empregos através de políticas sérias de capacitação de mão de obra, atração de empreendedores além do cuidado com nossas estradas, que se encontram abandonadas e são de grande importância para escoar a produção agrícola que geramos entre outros temas.

14 comentários:

  1. Impressão minha ou ele não respondeu nada com nada?

    ResponderExcluir
  2. Dr. João Mello é culto e inteligente.

    É claro que ele vai ganhar as eleições.

    Suas respostas foram bem respondidas, com objetividade e clareza.

    ResponderExcluir
  3. Vou votar nele, pois ele é medico e inteligente.

    Precisamos de um prefeito com formação e jovem.

    Espero que todos saibam votar na pessoa certa:

    Dr. João Mello

    ResponderExcluir
  4. Certeza que o anonimo de cima é o Marco Mello.
    Hahahahaha
    O João Mello é igual copa do mundo. De 4 em 4 anos aparece. Um médico que esquece de Ibiúna e depois vem falar de desenvolvimento para a cidade. Se amasse a população ibiunense, como diz, não teria sumido como fez... Agora é tarde. A pesquisa desse blog revela o desejo da população quanto a ele.

    ResponderExcluir
  5. Ledo engano amigo anonimo!
    Não faço uso desse mecanismo (criar blog, pesquisa, ou postar anonimo, apenas para dar "ibobe"), pois é muito baixo manipular a comunicação para falserar a verdade.
    Tanto que, damos valor para os comentários com nome, os anonimos são de pessoas que não tem coragem de expor sua opnião, e sempre devem ser visto com ressalvas.
    Aproveito para destacar que você deve conhecer muito pouco da gente, pois independentemente de eleição sempre estivemos presente no dia a dia de Ibiúna, e diariamente somo procurados para ajudar em problemas que tem que ser enfretados e resolvidos pela administração pública.
    Talvez você pense assim por puro desconhecimento.
    Somos filhos de Ibiúna!
    Queremos o bem de Ibiúna!
    E, não vivemos da política, trabalhamos para nosso sustento e de nossa falmília. E, por isso, acreditamos que como somos pessoas voiltada para o bem, temos como contribuir, pois com o progresso de nossa cidade, todos são beneficiados.

    ResponderExcluir
  6. Esse ai nem fica vermelho pra mentir.sujeito arrogante e prepotente que vem ai com uma corja boa Julia,Linense,Paulo,Ruth,o primo, o tio,Clovão a turma de vargem,Ibigospel.Ibiúna tem que mudar com gente de PENSAMENTO JOVEM.Chega dos mesmos.Precisamos de renovação nos poderes.

    ResponderExcluir
  7. Vejo que, infelizmente,Ibiúna ainda carece de boas opções a serem oferecidas ao eleitorado.Não há até o momento um candidato sequer que represente a mudança tanto almejada pela população.João Mello é um candidato jovem mas com mentalidade antiga.O principal concorrente é o déspota que desmandou,roubou e atrasou Ibiúna.Deus nos livre!Repito, falta um candidato que seja a mudança que todos desejamos.

    ResponderExcluir
  8. cheeegaaaaaaa!já basta!
    por isso que ibiuna não vai pra frente,sempre aparecem as mesmas caras, dizendo as mesmas coisas.
    nós ibiunenses de coração merecemos alguem novo no poder, com pensamentos novos, capacitados sim. mas vamos concordar não o dr.
    espero sinceramente q nesta próxima eleição apareca alguem novo que venha pra trabalhar para o povo.

    ResponderExcluir
  9. Na praça matriz da cidade na reforma não tem banco para as pessoas idosas sentarem.
    tem que levar uma cadeira.
    Isso é uma vergonha vergonha, para os nossos
    vereadores e administradores de Ibiúna.

    um absurdo infundavel.

    Ass.: cidadão ibiunense

    ResponderExcluir
  10. Um dos leitores acima respondeu corretamente ao afirmar que o pre-candidato João Mello não respondeu as perguuntas de uma forma mais precisa.

    Vale a pena perguntar novamente, quem são os partidos que e os candidatos a vereadores que irão, supostamente, apoia-lo, com nomes e representantes de bairros.

    Se Nélio Leite vai apoiá-lo, pois o mesmo tem negado em conversas com amigos e empresários.

    O PT já anunciou candidatura propria, era o aliado mais forte do suposto candidato.

    Quando Ibiúna precisa da comunidade unida, foi a partir de um grupo politico de araque que se tentou desestabilizar a cidade com solicitações indevidas para que o atual prefeito renunciasse, quando não era esse o foco e sim reformular o secretariado que traiu o saudoso coronel.

    Pergunta: Alguns dos antigos secretários, digo traidores do coronel, será um dos que vão apoiar João? grande apoio. durma de olho aberto.

    ResponderExcluir
  11. João Mello é igual retroceder 20 anos.
    Minha opinião.

    ResponderExcluir
  12. Paulo Eduardo Simões Sallares de Mattos Carvalho Jr.1 de dezembro de 2011 12:45

    Sensacional... Uma ótima entrevista, meu candidato e sempre será em 1º LUGAR! no meu conceito. Parabéns Bruno Machado pela entrevista e e Ex-secretário não são traidores do Coronel Darci e sim Aliados a Ele que Deus o tenha, o pequeno e muito bom mandato que ele teve em Ibiúna! Como eu disse Coronel não Coiti. Que pela minha opinião foi melhor o pequeno mandato do Coronel Darci do que os 3 anos do atual.

    Paulo Eduardo Sallares!

    ResponderExcluir
  13. Pessoal, venhamos e comvenhamos.....
    Não podemos dar sopa para o azar.
    Não podemos crer no ditado "pior que tá num fica", pq pode piorar e muito.
    A verdade é única:
    O Fábio todo mundo conhece, e não deve ser eleito nem a zelador de quarteirão
    O Eduardo é honesto, mas ainda lhe falta experiência.
    O João Mello tb é honesto, e vem tentando a algum tempo, e merece uma chance.
    O que precisamos é limpar essa roubalheira que vem de Coiti, Fábio, Jonas, Ze......

    ResponderExcluir

Seu comentário foi enviado e, em breve, será publicado.